Vara de soldadura Visão geral do processo

Avaliação:

soldadura da vara é um processo que utiliza um eléctrodo coberto que também é chamado de uma vara. O nome completo para a soldadura vara é Blindado Metal Arc Soldadura (SMAW) e é mais usado do que muitos outros métodos de soldadura.

Isso funciona por fusão do fluxo que cobre o eletrodo como o soldador solda uma peça de trabalho . Como este processo continua ele forma a gás e escória e essas duas coisas proteger o arco ea poça de fusão de metal fundido. Após a peça é soldada o soldador deve chip fora da escória. O fluxo também adiciona catadores, deoxidizers e outros tipos de elementos de liga para o metal durante a solda.

Há muitas vantagens de usar este método. Primeiro de tudo isto é uma das formas mais baratas de soldar por causa do equipamento é fácil de usar, portátil e barato. Você não tem que se preocupar com regulação do fluxo por causa do eletrodo faz a regulação do fluxo. Este método também é menos susceptível ao vento e correntes de ar do que os outros métodos, especialmente os processos de soldadura, que são protegidos do gás. Você também pode usar esse método em qualquer posição.

A visão geral do processo de soldadura vara mostra que este processo é utilizado mais do que qualquer outra forma de soldadura a arco. Também é versátil, flexível e utilizados por uma ampla variedade de indivíduo. Como exemplo, você pode usar este método para fazer pequenos reparos em sua casa, você pode reparar o equipamento e é usado na construção de imóveis e outros tipos comerciais de aderir metal.

Às vezes pode haver problemas com vara fundindo mas eles são relativamente fáceis de corrigir. Alguns dos problemas mais comuns que você pode executar em incluem:

– Spatter – isso basicamente faz com que o metal olhar confuso e é caro para limpar. Há muitas coisas que você pode fazer para corrigir isso e nós vamos falar mais sobre isso no artigo dicas.

– Subcotação – esta também muda a aparência do metal e pode enfraquecer a soldadura, especialmente quando se tem a tensão ou fadiga.

– eletrodos úmidos – se você ver que o seu arco é irregular ou ele está agindo duro, então os eletrodos pode ser molhado.

– Cracking -. Existem diferentes tipos de rachaduras podem acontecer em diferentes espaços na solda, e pode ser causada por carbono elevado ou elevado teor de liga

Quando você está à procura de fluxo eletrodos revestidos que você pode encontrá-los em vários tamanhos e comprimentos diferentes. A melhor maneira de dizer quais os que você precisa é para coincidir com a base de metal com as propriedades dos eléctrodos. Geralmente, é possível encontrá-los em bronze, bronze de alumínio, níquel e aço inoxidável.

De todos os métodos de soldadura elétricos, pau de soldadura é o mais versátil, pois pode ser usado para soldar metais mais juntos do que muitos dos outros métodos. É também um dos mais fáceis de fazer mas vai demorar prática, se você é realmente um iniciante a soldadura. No entanto, mesmo quando você é um novato é rápido de aprender e com a prática você vai fazer uma boa solda utilizando este método.

 

Originalmente publicado no Ezine, traduzido automaticamente para português

Fonte por William Walley

Um Guia para Iniciantes: arco com uma vareta de solda

Avaliação:

A teoria por trás mantendo um arco vai é, a corrente elétrica é forçada entre a ponta da vareta de solda e do aço está a soldadura. Se você quer ser um soldador bem sucedido você deve ser capaz de atacar um arco e mantê-lo ir sem sequer pensar nisso.

As 2 maneiras mais comuns de iniciar o seu arco estão tocando e coçando a haste de soldadura para o aço. Coçar parece ser a maneira mais natural utilizado por iniciantes.

Coçar é quando você passe a haste em todo o aço como se você estivesse tentando acender um fósforo. Uma vez que a haste faz contato com o aço, o arco é iniciado. A única razão real para riscá-la para começar com isso é que ele não vai ficar com o aço, uma vez que está em movimento. O truque então é localizar onde você quer soldar e tentar manter o arco vai. Isso leva um pouco de prática para pegar o jeito dele.

Tapping é basicamente esfaquear o aço com sua vara de soldadura. Isto é melhor para iniciar sua haste no local de soldadura correta, mas é mais difícil para manter a haste de degola e ainda manter um arco. A reação natural é uma vez o arco, você vai querer afastá-la para mantê-lo de degola. O único problema é, os novatos tendem a puxá-lo longe demais e perder o arco. Isto pode ir sobre e sobre e é realmente muito engraçado ver alguém fazendo isso. Mas todos nós precisamos lembrar que estávamos novo em um ponto também.

degola de sua vara de soldadura é causada pelo derretimento da haste ao aço antes de ser se afastou um pouco para manter a sua arco. Eu não vou entrar em quão longe ela deve ser do aço, uma vez que depende de que tipo de haste que você está usando eo amperagem está a soldadura com.

Estes são os princípios e deve dar-lhe uma idéia de como atacar um arco. Basta lembrar que é preciso prática e paciência para ficar bom nisso. Um dia você vai pegar o ferrão e tudo vai basta clicar na sua cabeça. É quase vai começar a sentir natural, então você vai saber que está tudo vindo junto.

Originalmente publicado no Ezine, traduzido automaticamente para português

Fonte por Matt Kline

Símbolos de solda

Avaliação:

Quando você começar a soldadura pode ser difícil de entender o que você está vendo quando você olhar para os símbolos de solda. No entanto, se você pensar nisso como um sistema de códigos ou uma forma de taquigrafia que informa informações diferentes sobre a solda que precisa ser feito, esses símbolos de solda será mais fácil de ler.

A informação que puder ganho desses símbolos é importante; eles dizem que o tipo de solda para fazer, o tamanho da solda que você deve fazer e outras informações sobre como você vai processá-lo ou terminar o trabalho. Estes são todos os símbolos de solda que são criados pela Sociedade Americana de Solda e do American National Standards Institute.

A primeira parte dos símbolos de solda que você vai encontrar é uma linha horizontal, porque esta é a única que lhe diz muita da informação. Isto também é referida como a linha de referência, porque é a parte que todos os outros símbolos será anexada a. Em outras palavras, você vai olhar para esta linha primeiro a ver o que é necessário um, em seguida, as outras linhas de agir como os anexos para o resto do trabalho (anexos semelhante ao enviar e-mail anexos).

Há também vão ser setas em diferentes partes de um diagrama após este ponto de referência inicial para mostrar onde você precisa fazer a solda. Você pode ter um lado da junta que precisa de soldadura ou mais de um lugar. O diagrama ea linha de referência irá dizer-lhe o que fazer.

Você vai saber de que lado você precisa de solda pela maneira que os símbolos são definidos. Como um exemplo, o símbolo de solda irá mostrar um lado com uma seta e um espaço em branco que vai colocar a linha de referência no meio do espaço a ser soldada.

Terá a lado com a seta denominada a seta lado e qualquer informação que você tem abaixo e acima da linha de referência será o que você vai fazer por esse lado. O segundo lado da junta de curso chamado o outro lado terá instruções sobre o que fazer listadas sob a linha de referência. Isso ajuda a manter as coisas formam chegar ao confuso, e será o mesmo, não importa como a seta é dirigida.

Quando você vê um pequeno círculo ao redor da parte ângulo da seta ea linha de referência, isso indica um bandeira, o que significa que a solda que você está fazendo deve ser feita no campo quando você está criando a estrutura. Se você não ver a bandeira, então isso significa que você está a fazer o seu solda no interior da loja. Além disso, o círculo pode também dizer-lhe que a solda precisa ir a um círculo completo da articulação. Em alguns dos desenhos de estruturas mais antigas que você pode ver um preenchido círculo preto que vai indicar que esta solda deve ser feito no campo.

Você vai descobrir que cada tipo de solda será mostrado com um símbolo diferente e geralmente ele será colocado perto do centro de onde a linha de referência está localizado.

Originalmente publicado no Ezine, traduzido automaticamente para português

Fonte por William Walley

Mig soldadura de alumínio – Dicas para Evitar Problemas e Configurações da máquina

Avaliação:

Mig soldadura de alumínio é apenas mais difícil do que o aço solda mig.

Por quê? Porque tudo que pode dar errado em aço, é apenas ampliada quando você mig de alumínio de solda. Mesmo algo tão simples como a taxa de fluxo de argônio faz uma grande diferença. Um ligeiro ajuste da velocidade de alimentação muda as coisas discado grande. Mesmo um pouco de rebarba na ponta contato de cobre pode causar a alimentação de arame para retardar e gravar de volta para a ponta.

Então, o que são quatro das coisas mais importantes para Mig soldadura de alumínio?

  1. Você precisa de um Spool Gun. Se você é sério sobre o alumínio de solda MIG e quer evitar a frustração, ter uma arma de spool. Você não pode alimentar o fio de alumínio macio muito longe sem ter um ninho de pássaros.
  2. Empurre não Pull. Sempre Empurre a poça quando possível para uma solda livre de fuligem limpa.
  3. Use um stickout mais tempo. Alumínio soldadura Mig usa algo chamado de transferência spray. Isso é uma maneira técnica de dizer o fio nunca realmente atinge a poça. Assim, um stickout é mais necessário para evitar burnbacks.
  4. Use Argon e não uma mistura Argon C02. Argon Argon ou hélio é o bilhete. Não use argônio / c02, a menos que você só quer fazer um monte de xingando

Agora vamos falar sobre algumas dicas para as configurações da máquina e arma de spool:

  • Você não vai querer usar um soldador mig para qualquer coisa mais fina do que em torno de 1/8 “. Se você é realmente bom em alumínio de solda mig, você pode ser capaz de soldar tão fino quanto 0,070”. Mas eu estou supondo que você não está lendo isso mesmo se for esse o caso.
  • Para alumínio grosso como em torno de 1/4 “-5/16”, usando fio de 3/64 polegadas e 26-27 Volts e 400-425 ipm de velocidade de alimentação vai funcionar. Para espessuras de entre 1/8 e 5/16, apenas tente usar um ponto a meio caminho como 23 volts e 300 ipm.
  • Comece com velocidade de alimentação configuração um pouco maior do que você pensa que ele precisa para que você não vai queimar pontas para cima.
  • Então, como você sabe ipm? (polegadas por minuto) Basta puxar o gatilho e contar segundos … um mil, dois mil … até chegar a 6. Meça o fio que saiu da arma para toda a polegada mais próxima e adicione um zero. Esse é o seu ipm. Por exemplo, se você receber 25 polegadas, que é de 250 ipm.
  • configurações Soldador Mig como este são um bom lugar para começar, mas uma vez que cada máquina é diferente, obter alguma sucata e afinar as suas configurações até obter os resultados desejados. É muito melhor para fazer seus erros em sucata de alumínio.

 

Originalmente publicado no Ezine, traduzido automaticamente para português

Fonte por Jody Collier

Laser Soldadura

Avaliação:

Soldadura é um método de junção de duas ou mais peças de metal em conjunto, utilizando diversas técnicas, tais como solda a ponto e soldar a arco. Soldadura a laser é outra dessas técnicas e utiliza altas lasers alimentados para juntar vários pedaços de metal juntos.

O uso de um feixe de laser tem muitas vantagens tais como soldas estreitos e profundos devido à sua fonte de calor concentrado. Na soldadura feixe de laser indústria automóvel está muito freqüentemente usado para ele aplicações de volume rápida e de alta.

soldadura de feixe de laser permite alta densidade de potência que resulta em zonas afetadas pelo calor localizadas e este, em seguida, permite alta aquecimento e taxas de resfriamento. O tamanho do ponto de laser pode situar-se entre 0,2 milímetros e 13 milímetros, no entanto, apenas os tamanhos menores são usadas para as aplicações de soldadura.

A profundidade de penetração depende do ponto focal do laser e é proporcional à quantidade de energia fornecida. Se o ponto focal é pouco abaixo da superfície da peça de trabalho, em seguida, a penetração é maximizada.

Com a soldadura a laser um feixe de laser pulsado ou contínuo é usado, e isso dependerá da aplicação. Para produzir soldas profundas um laser contínuo é utilizado, mas em materiais mais finos, tais como chapas metálicas muito finas de um laser pulsado utilizando impulsos única milissegundos longa são empregues.

Existem dois tipos de lasers que são comumente em uso e estes são lasers de gás e lasers de estado sólido. O primeiro tipo utiliza misturas de gases tais como azoto, hélio e dióxido de carbono como um meio, enquanto que os lasers de estado sólido utilizar meios sólidos, tais como o crómio, em óxido de alumínio, rubi sintético, neodímio em vidro, e o tipo mais comum usado é de cristal que é composto de granada de ítrio dopado com neodímio alumínio. Quando os meios de ambos os tipos de laser é excitado, que emitem fotões e formam um feixe de laser.

Com um laser de gás a forma gerador é produzido através da utilização de alta tensão e fontes de alimentação de corrente baixa para excitar a mistura, e Estes lasers podem operar tanto no modo pulsado e contínuo. Os requisitos de energia para lasers de gás são geralmente muito maior do que os lasers de estado sólido, e pode chegar a 25kW.

lasers de estado sólido têm comprimentos de onda muito mais curtos do que os lasers de gás, e as operadoras precisam para proteger os olhos com óculos especiais ou especialmente concebido telas para evitar danos na retina nos olhos. Para entregar o feixe laser para a área de solda necessário, as fibras ópticas são geralmente empregues.

Outro tipo de laser é o laser de fibra e o meio de ganho é a própria fibra óptica. Eles são usados ​​para a soldadura industrial robótica e são capazes de até 50kW.

solda a laser pode ter muitas aplicações e é muito utilizado na indústria automotiva.

Originalmente publicado no Ezine, traduzido automaticamente para português

Fonte por John Cheesman

Máquina corte plasma …

Avaliação:

Máquina corte plasma
Equipado com cabos e tocha plasma 4mt.
Corte até 25mm de alumínio e 30mm de aços e aços inoxidáveis
Preço promocional – 1.750,00€ + Iva